domingo, 18 de março de 2018

Prestação de serviço

Oi companheiros, passando para compartilhar experiência, fôrça e esperança aos portadores dessa fatal doença. Venho voltando há algumas 24 horas, sempre vou ser uma comedora compulsiva, mais hoje, em recuperação, e grata por não ter comido compulsivamente hoje, pela graça de Deus e de Doze Passos. Sou grata aos estes instrumentos de recuperação, em especial, Apadrinhamento e Serviço, mais todos são importantes, mais sem a prática desses dois, com certeza eu não estaria mais aqui, porque minha doença é do isolamento, e, tem dias, que só volto pela compromisso com o Serviço. Que doença é essa, cruel, progressiva, desmoralizante e letal! Preciso continuar voltando e trabalhando o programa, para viver mais algumas 24 horas. Obrigada por me lerem, carinhos, Maria de Jesus